Dicas para se planejar e economizar nas Compras de Natal

Quando pensamos em Natal logo vem à cabeça uma linda árvore decorada, iluminada e cheia de presentes ou então uma farta mesa recheada de pratos deliciosos e rodeada de familiares e amigos.

Realmente, tudo isso é indispensável neste período tão aguardado no ano, mas é bom lembrar que cada item tem seu custo. Por mais que você possa contar com o 13º salário ou então com as férias e gratificações natalinas, as festas, presentes e comemorações indispensáveis nesta época sempre pesam no bolso. Principalmente se a família for numerosa e se houver crianças em casa.

Então, é preciso muita organização e planejamento para que seu dinheiro dê conta de todos os gastos e você comece um novo ano tranqüilo e sem grandes dívidas herdadas do Natal anterior.

Para te ajudar a se organizar e não perder o controle financeiro da família reunimos abaixo uma lista com dez dicas que certamente serão de grande utilidade na compra dos presentes de Natal. Confira:

Top 20 Dicas para Organizar a Compra dos Presentes de Natal

1- Se você recebe 13º salário, antes mesmo que ele esteja disponível para uso, faça uma lista de todos os gastos que serão feitos com esse valor. É importante não utilizar tudo este ano, pois além das despesas natalinas, assim que o novo ano começar você terá aqueles já esperados gastos com Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Imposto Sobre Propriedade Territorial Urbana (IPTU). Se você tem filhos em idade escolar, lembre-se que ainda terá custos com uniforme, livros, matrícula e material escolar.

2 – Verifique quanto você terá que gastar com o Natal. Defina quantos presentes e roupas você terá que comprar e defina o valor que pretende gastar com decoração e despesas com a ceia. Inclua entre os presentes aqueles dos amigos secretos que você e sua família irão participar.

3 – Dica importante: não se esqueça de colocar na lista o que pretende gastar com você mesmo.

4 – Antes de sair às compras, faça sempre pesquisa de preços. Mesmo que ainda não tenha recebido a primeira parcela do 13º salário, se já tiver a lista do que irá precisar já inicie um levantamento de preços e anote as lojas em que os preços estão mais acessíveis.

5 – Prefira pagamento à vista. Efetuando as compras em dinheiro, você pode conseguir descontos entre 5% e 10%. Além de terminar o ano sem dívidas você ainda economiza.

6 – Evite usar cartões de crédito, cheque especial e financeiras que podem até de ajudar no momento, mas têm os juros mais elevados do mercado, e podem te trazer dores de cabeça para quitar suas dívidas posteriormente.

7 – Se você realmente precisar efetuar o parcelamento de alguma compra verifique antes os juros cobrados pela loja ou pelo cartão nas compras parceladas e avalie se realmente vale a pena.

8 – Se for participar de amigo secreto é importante que se estabeleça um valor médio que o presente deve ter. Além de garantir presentes do mesmo padrão para todos, você poderá se planejar melhor sabendo o máximo que irá gastar com cada um. Deixe de lado os produtos caros e prefira os presentes simbólicos.

9 – Se você tem talento e habilidades manuais, pode aproveitar o tempo livre para confeccionar algumas lembrancinhas para presentear familiares e amigos, como bijuterias, acessórios e outros. Também pode aproveitar e confeccionar os enfeites natalinos.

10- Envolva toda a família nos preparativos e quem tiver renda também pode ajudar a custear algum item da festa, assim todos contribuem e ninguém fica sobrecarregado.

11 – Fuja das promoções. Muita gente se sente tentada diante de promoções, mas especialistas alertam que a promoção nada mais é que uma jogada de marketing que em muitos casos pode não valer a pena. Só aproveite se o item em oferta estiver na sua lista de presentes ou de compras. Mesmo assim verifique a qualidade do produto e a relação de custo-benefício. Caso contrário resista à tentação e continue a procura.

12 – Nesta época, evite comprar produtos em grande quantidade, pensando em fazer estoque. Só faça compras dessa forma se realmente houver necessidade. Pois, se não for usar tudo nos próximos dias pode correr o risco de perder os produtos. Além disso, com esse gasto extra, você pode acabar extrapolando sua cota de gastos e cair nas dívidas. Aí, toda vez que olhar para o estoque vai acabar tendo uma grande indigestão.

13 – O ideal é sempre ter itens de decoração guardados em casa. Então, verifique nos armários o que foi utilizado no ano anterior e veja o que pode ser aproveitado para este Natal. Entre os artigos que sempre são muito úteis estão guirlandas, enfeites para a árvore, toalhas de mesa e até mesmo algumas roupas e calçados que podem ser novamente utilizados.

14 – Se você tem crianças em casa tenha o cuidado de não levá-las para as compras. Além de correr riscos durante os tradicionais tumultos nas lojas e supermercados, sair com as crianças é sinônimo de gastos com lanches e outros pedidos diante das vitrines ou prateleiras chamativas do supermercado. Por isso, se tiver alguém para cuidar delas enquanto você vai às compras, tenha certeza de que essa será a melhor alternativa.

15 – Outra dica é resistir às tentações em shoppings. Quando se deparar com aquele produto dos sonhos, não compre de imediato. Você pode até verificar o preço e as condições de pagamento, mas se ele for realmente necessário, você acabará voltando à loja. Caso contrário, você evita um gasto desnecessário.

16 – Para as compras dos itens de alimentação, pesquise antes o preço da ceia em supermercados, padarias e também profissionais que vendem em casa. Coloque tudo na ponta do lápis e verifique se você gastará mais fazendo tudo em casa ou comprando a ceia pronta. Neste último caso, certamente você economizará um item importante: seu tempo.

17 – Com a queda do dólar, aproveite para pesquisar as prateleiras de produtos importados, como bebidas, queijos e nozes. Mas novamente tenha o cuidado de só comprar os itens que estão na sua lista e são realmente necessários.

18 – Programe-se para terminar as compras ainda nos primeiros dias de dezembro. Na segunda semana do mês, o comércio já está totalmente tomado pelo clima natalino e a tendência é que o consumidor acabe exagerando nas compras.

19 – Para as mulheres, nada melhor do que se preparar para a festa de Natal indo ao salão de beleza. Então, ligue com antecedência e verifique os dias e horários em que há promoções especiais.

20 – Se puder esperar a virada do ano para comprar alguns presentes, faça-o. Sempre há promoções no começo de ano. Então, reserve um valor para investir na renovação do guarda-roupa em janeiro.

E Como Evitar a Correria do Natal?

A cada dia torna-se mais difícil conciliar os afazeres do cotidiano, estamos atarefados até o pescoço e agora, novamente vem esta época do ano em que tanto tememos. Como gerenciar nosso tempo para que a correria e as necessidades natalinas sejam supridas com excelência?

É necessário criar um ponto de partida, ter uma base para saber por onde começar. Pergunte-se o que você precisa fazer? O que andou deixando de fazer? O que pretende comprar e para quem? E quanto tempo você ainda tem até o Natal? Crie rotinas, faça do seu tempo mais produtivo e certamente o resultado virá. Muito provavelmente você tem uma ou duas atividades durante a semana que pode ser excluída para que essa nova necessidade seja atendida, se este não for o seu caso, então o único caminho será analisar se existe a possibilidade de adiar algum compromisso menos importante até que se consiga completar todos os requisitos natalinos urgentes.

Comprar um bloco de anotações e andar com ele no bolso pode ser uma ótima escolha. Anote tudo o que for preciso fazer, por menor que seja, anote dia, horário e local, nesse momento você não tem muito a perder e precisa de uma alternativa rápida e eficiente, e acima de tudo, tenha certeza de que o tempo que distribuiu para cada atividade realmente é o bastante para realizar a mesma. Nada pior do que se programar tanto e no final das contas tudo sair errado porque apenas um compromisso atrasou toda a sua agenda.

Dicas para te ajudar na correria das Festas de Natal

Outro fator importante é a questão localidade. Opte por deixar suas tarefas relacionadas. Mas como assim? É simples, você precisa unir os seus afazeres de forma favorável à você. Se precisar ir ao Sul da cidade, procure deixar a maioria, se não todos, os afazeres desta região no mesmo dia, assim você economiza tempo. Também una sub-categorias, se existir a possibilidade de ir à um local em que você possa receber vários serviços ao mesmo tempo ao invés de um só, porque não? Muitos hipermercados possuem uma infinidade de serviços, alguns até bem inesperados. Dependendo do quão grande e urbanizada for a sua cidade, um mercado pode, muitas vezes, ser a chave para os seus problemas.

Não seja orgulhoso, atendentes e vendedores estão à sua disposição e certamente ficarão satisfeitos em lhe ajudar. Pedir ajuda agiliza seu trabalho, e pode até ser que você acabe encontrando ainda mais do que imaginaria que fosse vir a encontrar.

Com essas dicas, faça do seu Natal uma época proveitosa e feliz, e não uma correria e muita dor de cabeça. Aproveite o Natal intensamente, pois cada ano é diferente, e todo ano é especial.

Conclusão

Organização e planejamento são fundamentais para você e sua família garantirem boas festas neste Natal e ainda ter um início de ano tranqüilo e sem dívidas.

Afinal, são tantos gastos em tão pouco tempo que se não houver um controle de cada valor pago ao final das festas você pode colocar os pés pelas mãos e gastar mais do que deveria, prejudicando a quitação das tradicionais contas de começo de ano.

Com estes cuidados, certamente ficará mais fácil organizar as comemorações e começar o novo ano de bem com a vida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *