Conheça as Diferenças do Natal pelo Mundo e surpreenda-se

Alguma vez já se perguntou o que uma pessoa que vive no mínimo a 10.000km de você faz no Natal?

Não? Bom, saiba que é comum não se pensar nestas coisas, mas aposto que agora que mencionei você certamente ficou curioso né? Nós vivemos em um mundo com quase sete bilhões de pessoas, cada qual com sua respectiva crença, interesses, cultura e costumes, era de se esperar que o Natal fosse diferenciado de região para região e de país para país. Alguns não mudam muita coisa de um para o outro, geralmente países próximos tem costumes parecidos. Onde aparecem as maiores discrepâncias em crenças e tendências é entre o Ocidente e Oriente. Países ocidentais seguem mais o Natal, seja religiosamente ou não, mas estes países tendem a comemorar o Natal, enquanto que países orientais, muitas vezes por seguirem uma religião diferente, não acreditam ou simplesmente rejeitam o Natal como algo que não faz parte de suas vidas.

No Brasil, passamos o Natal em um momento família, com nossos entes queridos, celebrando o nascimento de Cristo. Com direito à uma mesa servida de ceia farta, usualmente os brasileiros comemoram com pratos típicos natalinos como pernil, tender, chester, peru e uma boa rabanada ou panetone para sobremesa. Também não poderíamos nos esquecer do arroz com lentilhas para entrar o ano novo com muita sorte, e obviamente dos aperitivos sortidos que acompanham nozes, castanhas, avelãs e pistache.

Nos Estados Unidos a história não muda muito. O momento família prevalece, e é até mais fortalecido do que aqui por não terem muitos feriados em que possam estar unidos, portanto dão muito valor à esta época. Ao contrário de nós que costumamos nos unir à noite e ceiar, os americanos, por morarem muitas vezes longe de suas famílias, chegam de manhã e comemoram por todo o dia. Iniciam trocando presentes, geralmente usando suetéres iguais, um para cada membro da família, que representa a união e o espírito natalino. Depois cozinham a ceia e iniciam a comilança por volta das três ou quatro horas da tarde, e esta se extende até de noite. As comidas típicas do Natal americano consistem em: cogumelos recheados e sopas para entrada, seguidos de peru, costela de porco ou presunto, mas existem pessoas que variam este prato principal, podendo ser peixe ou carneiro. Para acompanhar porpetas suecas, saladas, cacarola de vagem, pure de batatas e um molho feito da carne do peru que não pode faltar. Na sobremesa varia muito, qualquer tipo de cookies, tortas, bolos e pães doces são válidos.

Já para citar o Natal do oriente, é preciso um pouco mais de esforço. O Japão é o melhor exemplo disponível e prático para exemplificar. Por ser um país não-cristão, o conceito do Natal foi distorcido com o passar dos anos, e hoje é uma época meramente comercial. Essa data tornou-se uma celebração voltada para casais, onde estes trocam presentes e no máximo saem para algum programa diferente. As poucas pessoas que comemoram o Natal, costumam comprar um bolo chamado “Xmas Cake”, que geralmente vem a ser consumido com familires e amigos. Esse costume só existe no Japão e é confuso pelo fato de não comemorarem propriamente o Natal, portanto, mesmo este costume é visto como comercial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *