História do Papai Noel

Origem do Papai Noel

Até o final do século XIX, Papai Noel era representado com uma roupa de inverno marrom ou verde escura. Hoje em dia, ele é geralmente retratado como um velhinho bondoso, rechonchudo, com barba branca e trajando um casaco vermelho com gola e punhos branco, calças vermelhas de bainha branca, com cinto e botas de couro preto. Este personagem teve origem baseado em São Nicolau, que foi um dos santos mais populares no Cristianismo, mas atualmente poucas pessoas conhecem sua história.

Como surgiu o Papai Noel?

A principal história dele no ocidente, que fez com que mais tarde viesse a ser criado nosso querido Papai Noel, foi a de que certa vez, um comerciante falido, sem outra opção, iria vender suas filhas para prostituição. Para evitar que isso acontecesse, ele jogou pela chaminé um saco com um punhado de moedas de ouro, para que este pai pudesse pagar o dote do casamento de sua filha mais velha. Tempos depois ele tornou a jogar um saco de moedas de ouro, para a segunda filha, mas quando retornou para fazer o mesmo com a terceira, o pai o pegou no flagra e pediu perdão pelo que quase havia feito. Desde então, uma série de especulações surgiram à respeito de São Nicolau, mas certamente a mais importante foi a criação desse bom velinho.

A transformação de São Nicolau em Papai Noel, teve início na Alemanha, entre as igrejas protestantes, e sua imagem passou a ser definitivamente associada às festividades do Natal e as costumeiras trocas de presente no dia 06 de dezembro, que é dia de São Nicolau. Nasce então, a lenda que viria a ser até os dias de hoje, uma das maiores histórias já conhecidas e integradas pelo homem.

Papai Noel mora no Pólo Norte e montou uma pequena fábrica em sua casa para criação dos brinquedos que ele distribui para as crianças. Possui uma infinidade de duendes auxiliares para a produção desse montante de brinquedos. Na noite de Natal, munido de seu saco de presentes, seu trenó, seu conjunto de oito belas renas e muita boa vontade, esse bom velinho sai pelo mundo afora entregando todos os presentes, de casa em casa, para todas as crianças que fizeram por merecer durante o ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *